RecursosPlanosQuem SomosParceriasBlog

Mercado do E-commerce

Como definir metas para o seu e-commerce?

Christianne Bajon

Por: Christianne Bajon

Atualizado há 3 anos

A metas para e-commerce devem ser consideradas como um fator construtivo para o desenvolvimento da empresa. O intuito é que os negócios realizem todos os desafios planejados e que consigam os melhores resultados com cada uma das ações. Mas, você saberia como defini-las? Como avaliar?  Como prever resultados? 

Definir metas não é somente escolher números para serem seguidos. Elas precisam ser tangíveis e estarem alinhadas com a realidade da empresa. Saber como planejá-las é o primeiro passo para que você tenha indicadores e métodos de avaliações plausíveis.

Além disso, para que o seu e-commerce seja bem-sucedido é fundamental saber onde você pretende chegar. Uma vez que, sem objetivos estruturados, o acompanhamento e a avaliação dos resultados tornam-se pouco efetivos.

Resultados do E-commerce

O ano de 2020 foi desafiador. Apesar disso o e-commerce apresentou um crescimento significativo.  Devido ao isolamento social e a quarentena obrigatória, muitos consumidores se viram na obrigação de realizarem suas compras online.

Segundo a Neotrust, no segundo semestre, o e-commerce brasileiro ganhou 5,7 milhões de novos usuários. No terceiro trimestre de 2020, o setor apresentou um crescimento significativo, foram realizadas 79,2 milhões de compras online (crescimento de 72% em relação ao mesmo período do ano passado).

As compras no varejo online resultaram em um faturamento de R$33 bilhões durante os meses de julho a setembro de 2020 – aumento de 85,1% na comparação com os mesmos três meses de 2019.  

Já em 2021 os e-commerces atingiram a marca de R$161 bilhões em faturamento. Isso representa um crescimento de 27% em relação ao ano de 2020.

Nesse ano de 2022 o e-commerce brasileiro apresentou um crescimento de 4,3% no 2º trimestre comparado ao mesmo período do ano passado, e revela um total de 89,6 milhões de vendas online. Aliás, entre os meses de abril e junho de 2022 o comércio eletrônico teve faturamento de R$38,4 bilhões.

Os resultados positivos contribuíram para o desenvolvimento do setor. Para continuarem o crescimento exponencial apresentado, a tendência é que as empresas apostem em melhorias visando a experiência do cliente durante o processo de compra.

E para garantir um crescimento sustentável e acompanhar o mercado é necessário que você saiba como criar metas para manter seu e-commerce no ar!

A importância de definir metas

Todas as boas gestões de negócio dispõem de um planejamento eficiente. Em um comércio eletrônico isso não é diferente. Não se trata apenas de vender, mas sim de como atender ao público e ter uma gestão eficiente.

Assim, é necessário a definição de objetivos tangíveis, caso contrário, você enfrentará dificuldades para realizar o que foi planejado. Para escolher as metas para e-commerce você deverá avaliar os resultados da empresa como um todo e, se tiverem outras pessoas envolvidas no projeto, é importante ouvir a opinião de cada uma delas.

O engajamento da equipe na seleção das metas poderá ser também um fator motivacional. Quanto mais envolvimento e colaboração tiver dos colaboradores no planejamento das metas, melhor será o seu retorno.  

Foco da equipe em resultados

“A equipe importa mais que as ideias: as ideias mudam e a tecnologia evolui” (Gil Penchina, investidor em empresas como: LinkedIn, Paypal, Ripple, Brave).

Independente do segmento em que atuamos, ter uma equipe focada em resultados é sempre muito positivo. E para ter certeza de que você e seus colaboradores estão caminhando rumo a um mesmo objetivo, a definição de metas para e-commerce te ajudará na realização e acompanhamento das atividades planejadas.

É importante que as ideias saiam do papel. Mas, para que elas atinjam, ou superem, os resultados planejados, é fundamental saber como divulgá-las. Os profissionais envolvidos no desenvolvimento do seu e-commerce devem estar cientes dos desafios.

Ao final, os resultados serão a representação do esforço coletivo.  Só quem já teve que caminhar sozinho rumo a uma meta de negócios sabe quais são os desafios enfrentados. Então, para que isso não aconteça, a divulgação das metas para e-commerce para as pessoas envolvidas será imprescindível.

Como planejar minhas metas para o meu e-commerce?

O planejamento de metas para e-commerce deve ser feito com bastante atenção. Afinal, a definição dependerá da maturidade da empresa. Temos que lembrar que os objetivos devem ser realistas e construtivos.

Assim, para quem tem um comércio eletrônico com alguns anos de experiência, a meta geralmente é planejada de acordo com a avaliação do histórico de vendas da empresa. Você avalia os resultados e define os próximos desafios da empresa.

Aqui, o segredo é ter um amplo conhecimento sobre o seu e-commerce. Para que as propostas para o próximo ano sejam realmente desafiadoras. Você deve se preparar para atender as demandas dos seus clientes de acordo com a sazonalidade dos seus produtos e as datas que possam impulsionar a comercialização desses itens.

Por exemplo, se você tem um e-commerce de varejo, focado em vestuário, quais são as datas nas quais o seu produto tem maior procura? Como se preparar para as demandas do Natal?  As trocas de coleção influenciarão nas suas vendas? E por fim, como divulgar seus produtos para os consumidores ao longo do ano?

Para quem vende roupas, as trocas de estações, assim como, as datas comemorativas interferem nos resultados das vendas. Portanto, é necessário definir estratégias que favoreçam a gestão das vendas e o atendimento dos clientes. Planejar o estoque com antecedência e estudar quais serão as peças mais procuradas na estação seguinte também serão alguns dos fatores que influenciarão no atingimento das metas.

Mas e os novos negócios?

Para empresas que estão iniciando o universo das vendas online, o desafio será justamente encontrar os indicadores que servirão como meta para o e-commerce.

Você poderá avaliar como foram os resultados das vendas de seus concorrentes. Avalie também a sua capacidade de gerar novas oportunidades de negócios e pense como escalar as vendas para que você tenha o faturamento desejado no final do período.

Deverão ser analisadas também as suas habilidades em logística, gestão de prazos e também planejamento. Por exemplo, se você trabalha com joias ou acessórios femininos, datas que podem representar um alto volume de pedidos são: dia das mães, aniversário, Natal.

E para que você tenha o estoque preparado para esses períodos é importante que você tenha pelo menos dois meses de “folga” para negociar com o fornecedor a entrega e o pagamento das mercadorias.

Os custos, os prazos e também a sua estrutura, deverão ser considerados para que as metas sejam realistas e realizáveis. E, se você precisa de dicas para elaborar um e-commerce do zero, aproveite para ler esse outro post aqui.

Neste primeiro ano, portanto, faça um planejamento de metas para e-commerce com indicadores que te ajudem a avaliar o desempenho das equipes que estão trabalhando com você. Vale avaliar indicadores de atendimento, tempo de entrega do produto, valor médio da compra em relação ao valor médio dos produtos, ou seja, ouse nos seus parâmetros.

Não se engane pelas aparências

A definição de metas para novos e-commerces não deve ser algo teórico ou apenas uma inspiração a ser consultada de tempos em tempos.  Para que a ação tenha o resultado planejado, é fundamental ter uma visão realista da sua empresa e do que será oferecido aos clientes. A ideia é garantir que os objetivos propostos sejam todos alcançáveis.

Um erro bastante comum é acreditar que você, que está começando, poderá em poucos meses conquistar uma fatia de mercado equivalente à dos seus principais concorrentes.  Se você estava pensando em fazer isso, pense bem e reveja essa estratégia.

Lembre-se que as metas devem servir como fator de inspiração e motivação para uma equipe. Ela funcionará como uma cola, que ajudará a unir as pessoas envolvidas no projeto. Assim, para que o trabalho seja produtivo, as metas para e-commerce deverão ser realistas e considerar, principalmente, o momento atual da sua empresa.

Dados monitorados e acompanhamento dos resultados com a PlanD

É imprescindível que os gestores de e-commerce tenham as ferramentas necessárias para analisarem o desempenho das ações planejadas.

A PlanD automatiza a análise de dados do e-commerce e disponibiliza ao gestor a permissão para que avalie suas diferentes fontes de tráfego de forma simples e ágil. 

Nossa solução facilita a tomada de decisão e contribui para uma maior eficiência na gestão das campanhas de marketing.

Teste gratuitamente por 15 dias ou Solicite uma demonstração.

Veja como a PlanD pode aumentar os resultados do seu e‑commerce

Teste grátis por 15 dias. Não é necessário cartão de crédito