RecursosPlanosQuem SomosParceirosBlog

Mercado do E-commerce

Dropshipping: venda sem ter um estoque próprio.

Christianne Bajon

Por: Christianne Bajon

Atualizado há 2 anos

Se você está pensando em criar um e-commerce, ou até já deu os primeiros passos,  mas tem pouco dinheiro para investir no seu estoque, ou ainda não sabe se vai ter tempo suficiente para fazer a gestão das entregas, saber o que é dropshipping pode ser a solução para essas questões.

Grandes players do mercado internacional como a Amazon, eBay e o AliExpress usam o dropshipping e ganham bilhões com esse modelo. Aqui no Brasil já existem centenas de empresas fornecedoras de dropshipping que também oferecem soluções para quem deseja vender sem estoque.

Para entender melhor sobre o assunto, confira a seguir mais detalhes sobre dropshipping, o que é, algumas vantagens e desvantagens e se faz sentido usar esse modelo no seu e-commerce.

dropshipping-vender-sem-estoque

O que é dropshipping?

O dropshipping é um formato de negócios onde um vendedor comercializa produtos online sem a necessidade de ter um estoque próprio. Nesse modelo, quando o cliente realiza uma compra é o fornecedor quem fica responsável por enviar os produtos diretamente ao cliente.

Nesse formato, o e-commerce trabalha sem estoque e se torna apenas um intermediário no processo de compra. Todas as questões relacionadas ao envio, desde a embalagem até a entrega do produto na casa do cliente, são responsabilidades da empresa de dropshipping.

Para tirar outras dúvidas sobre o assunto, você pode acessar o Guia do Dropshipping no Portal Sebrae.

Quais são as vantagens e desvantagens do dropshipping?

Para decidir se o modelo de dropshipping é interessante para o seu negócio, é importante conhecer algumas vantagens, desvantagens e, principalmente, olhar para os dados que ditam a realidade da sua loja virtual. Com uma boa análise de dados é possível agir com estratégia na hora de escolher esse modelo de negócio.

Confira a seguir algumas características do dropshipping:

Redução de custos

Como comentamos no início, no dropshipping não é necessário fazer a gestão do estoque e a logística do envio, o que diminui grande parte dos investimentos iniciais, até mesmo as embalagens para transporte.

Outro ponto interessante é que não existem investimentos com matéria-prima, produção dos itens, custos com mão de obra e aluguel de um espaço destinado ao estoque. 

Variedade de produtos

Quem trabalha com dropshipping pode contar com a vantagem de ter um mix de produtos maior. De modo geral, os fornecedores de dropshipping disponibilizam uma boa variedade de produtos e opções correlatas. Isso facilita a venda de diferentes categorias de um mesmo segmento, além de ajudar a incrementar o ticket médio da loja. 

Trabalhar em casa

Principalmente para quem está dando os primeiros passos no e-commerce, essa é uma vantagem super relevante. No dropshipping não existe a necessidade de um estoque físico, também não é necessário ter um local fixo de trabalho e de armazenamento dos itens. 

Ou seja, com um computador e uma boa conexão de internet, o empreendedor transforma qualquer lugar em um escritório.

Foco em outras áreas

Como a gestão do estoque e a logística de envio são terceirizadas no modelo de dropshipping, sobra mais tempo para você investir em outras áreas do e-commerce como, por exemplo, no marketing, nas estratégias para adquirir e fidelizar clientes e na análise dos resultados.

Existem desvantagens no dropshipping?

Barreiras alfandegárias 

Caso os fornecedores de dropshipping sejam internacionais, as barreiras alfandegárias são uma desvantagem.

No Brasil, atualmente, só estão livres de impostos itens que tenham sido comprados no exterior por até 50 dólares. Então, se o produto passar desse valor, corre o risco de ficar retido no posto de destino e isso pode gerar custos de até 60% do valor do produto.

Outro ponto importante que o empreendedor precisa se atentar é a possibilidade da existência de uma nova alíquota prevista na medida provisória para taxar todas as compras feitas da China por pessoas físicas. A mudança pode aumentar em 60% o preço dos produtos, já que o percentual da alíquota única valeria para qualquer transação.

Alta competitividade

Ao observar o mercado, percebemos que existe uma saturação de produtos similares, principalmente quando o assunto é dropshipping. Então, acaba sendo difícil diferenciar-se diante dos concorrentes e isso acaba gerando uma maior demanda de esforços da sua parte para se destacar no mercado.

Lucro menor

Ainda que você não tenha de investir em estoque e logística, a parceria com o fornecedor de dropshipping tem custos. Nesse contexto, o lucro acaba não sendo um dos melhores.

Demora na entrega e experiência

De modo geral, fornecedores de dropshipping atendem a diversas empresas ao mesmo tempo. Por isso, às vezes, o processo de entrega é mais lento, podendo levar de 30 a 90 dias.

Além disso, você acaba ficando limitado em relação a outros aspectos da experiência do consumidor. Por exemplo, fica com restrições em relação a personalização da embalagem, o envio de uma mensagem junto ao produto, não pode interferir no unboxing.

O dropshipping é bom para o seu e-commerce?

A resposta para essa pergunta é: depende. Isso porque, além de entender bem as vantagens e desvantagens relacionadas acima, é necessário olhar para o seu negócio como um todo.

Aspectos que você pode considerar para tomar essa decisão: 

  • Qual o nicho de mercado do seu e-commerce?
  • Quanto de investimento você pode fazer?
  • Qual a margem de lucro você espera obter? Como sempre, calcule o ROI!
  • Você tem restrições de estoque e logística?

Ao responder essas questões você terá alguns dados que precisam ser analisados.

Nesse cenário, a PlanD pode te ajudar, e muito, a reunir todos os dados do seu negócio em um só lugar e, assim, você ter uma análise precisa. 
Se seu parceiro de dropshipping está integrado a seu ERP, a PlanD consegue consolidar os dados gerados e você poderá realizar as análises necessárias para tomar decisões precisas para aumentar sua produtividade e, sim, fazer do propósito do modelo de vendas sem estoque um diferencial: você colocar os olhos nas vendas e na estratégia.

Essa tomada de decisão está 100% relacionada à gestão do e-commerce e pode fazer toda a diferença nos resultados da sua loja virtual. 

Além do dropshipping existem outras formas de otimizar a sua gestão e potencializar os resultados, confira alguns erros que você não pode cometer no seu e-commerce que podem comprometer os seus resultados. 

Veja como a PlanD pode aumentar os resultados do seu e‑commerce

Teste grátis por 15 dias. Não é necessário cartão de crédito